Primeiro grupo

             

Surgiu então o primeiro grupo de oração do Rosário formado já em 8 de setembro de 1991. Mesmo ainda sem saber que era a Virgem Maria que lhe falava, sentia uma moção interior para a oração muito grande. Só mais tarde ele entenderia o que lhe estava acontecendo.

Este grupo de poucas pessoas se reunia aos sábados e domingos, ora em uma casa, ora noutra. Já neste tempo, Marcos conheceu o grande poder e eficácia da oração, mas, também muitos sofrimentos e incompreensões por parte das pessoas que não compreendiam a urgência da oração. Tentava mostrar a todos que Maria era uma Mãe amorosa, cheia de ternura e de bondade. Para muitos, para os que acolheram suas palavras e orações, as Graças foram grandes, e ainda hoje muitos se lembram dele com aquela imagenzinha de Nossa Senhora nas mãos e com o Terço, a entrar nas casas. Sim, Maria entrava nas casas através de duas mãozinhas e um coração desejoso de que todos sentissem aquela Paz que ele sentia. Contudo, para os que rejeitaram e não quiseram ouvir, valem aquelas palavras de Cristo: "Mas, se entrardes numa cidade e não vos receberem, saindo pelas suas praças, dizei: Até o pó que se nos pegou da vossa cidade, sacudimos contra vós; sabei, contudo, que o Reino de DEUS está próximo. Digo-vos: Naqueles dias haverá um tratamento menos rigoroso para Sodoma." (Lc 10,10-12).

Mesmo com as resistências de alguns, ele seguiu em frente sem medo, não desanimou, nem recuou. Foi assim que já em 1991, mesmo sem saber o Nome da Misteriosa Senhora do Céu, já existia um grupo de oração inspirado pelo Espírito Santo, sob o Doce Olhar da Virgem Santíssima.

Pesquisa